Superação: A história de idosos que sobreviveram ao Coronavírus.

30/09/2020

O Coronavírus é especialmente letal quando infecta pessoas mais velhas, mas há histórias de superação em meio à Pandemia.

Os números da Covid-19 são assustadores e a doença é provocada por um vírus rápido e silencioso, que quebra a rotina da população mundial.

Nesses meses, o que se aprendeu sobre o surto que se tornou Pandemia é que a taxa de letalidade da doença é mais expressiva entre os idosos. As pessoas com idade acima dos 60 anos compõem o chamado “grupo de risco”, juntamente com pacientes com doenças crônicas.

Aqui em Vista Alegre do Alto ocorreram 5 óbitos, o que muito nos entristeceu, todos idosos e com comorbidades e que lutaram bravamente contra esse vírus terrível e maldito. No entanto, se no começo do surto era possível observar que as vítimas graves e fatais estavam dentro do “grupo de risco”, aos poucos é possível perceber que isso não é uma regra e que todos estão suscetíveis.

Algumas histórias estão a comover o mundo. A recuperação de idosos infectados mostra uma ponta de esperança e alívio de que os mais velhos não estão condenados à morte pelo vírus. A seguir, algumas histórias de idosos do Município que venceram essa batalha:

A senhora Ana Alice de Lira, de 86 anos, com comorbidades, necessitou de internação em enfermaria e permaneceu hospitalizada por 7 dias, a senhora Maria Pregnolato Daga, de 95 anos, também com comorbidades, necessitou de internação em enfermaria e UTI, onde permaneceu por 13 dias, porém sem necessidade de ventilação mecânica.

 

Já o senhor Pedro Daga, de 74 anos, e o senhor Luiz Antonio da Silva, de 80 anos, ambos com comorbidades, necessitaram de internação em UTI, fizeram uso de ventilação mecânica e permaneceram internados por 10 e 13 dias, respectivamente. Todos eles receberam alta hospitalar, curados da Covid-19.

Em meio a tanta tristeza que nos rodeia com essa terrível Pandemia, que está mostrando a todos a nós a importância de podermos estar perto e sermos unidos, quando isso, na verdade, parecia banal, apresentamos esse cenário de grande luta e vitória.

Desejamos a todos os pacientes e seus familiares que passaram por essa doença, uns de forma mais drástica, outros de forma mais amena, muita saúde e paz e expomos a nossa sincera admiração pela força e todo nosso agradecimento pelo cumprimento das medidas que tiveram que ser adotadas.

 

Em especial à Ana Alice de Lira, Maria Pregnolato Daga, Pedro Daga e Luiz Antonio da Silva, vocês são vencedores!